voltar
Cooperação e parceria tecnológica
O trenó usado por Júlio Fiadi na Expedição Pólo Sul Solo foi uma adaptação feita pela Holos sobre um trenó de carga da Acapulka, empresa norueguesa fabricante dos melhores trenós do mundo para expedições polares. Este trabalho bem sucedido, além de ter levado Julio Fiadi à Antartica com toda a segurança, levou também a Holos e a Acapulka a um acordo de cooperação tecnológica.

Lorenzo Souza, engenheiro naval e sócio na Holos Brasil, passou uma semana na Noruega, conhecendo a tecnologia empregada pela Acapulka na construção dos trenós. E Alex, proprietário da Acapulka, por sua vez, passou uma semana no Rio de Janeiro, aprendendo técnicas de construção de peças em carbono desenvolvidas pela Holos.

A confiança mútua e a capacidade produtiva da Holos proporcionou uma oportunidade para as duas empresas e, a partir de 2008, parte da produção da Acapulka de trenós passou a ser produzida no Brasil, nas instalações da Holos, e exportada para a Alemanha, sub-sede da Acapulka.

Projeto, desenvolvimento e construção do primeiro trenó habitável do mundo
Desafio Júlio: atravessar o continente antártico em solitário; fabricar um trenó sem experiência prévia, com mínimo de peso e com o máximo de segurança.
Pesquisa: desempenho dos materiais em condições extremas; objeto inédito e soluções inéditas.

Cooperation and technological partnership
The sled ridden by Júlio Fiadi during his Expedition through the South Pole was the result of a cargo-sled, made by Acapulka - Norwegian producer of the best sleds in the world for polar expeditions -, adapted by Holos Brasil. This project not only led Júlio safely to the Antarctic, but also led Holos and Acapulka to a technological partnership.
Lorenzo Souza, naval engineer and partner at Holos Brasil, spent a week in Norway learning about the technology used by Acapulka in the production of their sleds. Meanwhile, Alex, owner of Acapulka, spent a week in Rio de Janeiro learning about the building techniques developed by Holos for carbon parts.
The mutual trust and Holos’ productive capacity enabled this great opportunity for both companies and now, as of 2008, part of Acapulka’s production of sleds is developed in Brazil, at Holos, and exported to Germany, Acapulka’s sub headquarters.

Project, development and construction of the world’s first habitable sled
The Júlio Challenge: crossing the Antarctic continent alone; making a sled without previous experience, with minimal weight and maximal security.
Research: performance of the materials in extreme conditions; new object and new solutions.
2009-2018 © holosbrasil.com Todos os direitos reservados | Rua Octávio Catanhede , s/nº - Ilha do Fundão , Rio de Janeiro , Brasil | (55)(21) 2270-9259
aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa